Covid: funcionário de laboratório chinês pode ter sido 1º contaminado

Covid: funcionário de laboratório chinês pode ter sido 1º contaminado

A OMS aponta que manuseio com morcego contaminado em laboratório seja causa mais provável da origem da pandemia

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta nova hipótese da origem da pandemia do novo coronavírus. O primeiro contaminado pelo vírus da Covid-19 pode ter sido um funcionário do laboratório de virologia, em Wuhan, declara o líder de investigadores da OMS, Peter Embarek, que esteve na China para determinar as causas da doença.

De acordo com Peter, o técnico pode ter se contaminado a partir do contato com morcegos que serviam de estudo no laboratório. Portanto, a tese de que a origem do vírus tenha se dado no mercado da cidade, pelo contato de um cidadão comum com a espécie é desacreditada.

Embarek concedeu entrevista ao TV2, canal dinamarquês, e informou que: “uma das hipóteses prováveis para a origem do vírus é a de um funcionário do laboratório de Wuhan ter sido infetado ao colher amostras de morcegos no terreno. Foi aqui que o vírus passou diretamente de um morcego para um humano. Neste caso, a transmissão teria começado num técnico de laboratório e não num cidadão comum ao lidar com morcegos”.

Os investigadores estiveram em Wuhan no início do ano e apontaram quatro hipóteses para o surgimento da doença. À época, uma contaminação em laboratório era considerada a menos provável, agora, a OMS passa a destacar como principal razão para o início do surto.”.

A China posicionou-se contrária à continuidade dos estudos em seu território e pediu que outras nações também fossem investigadas. A OMS pediu que o país conceda maior espaço para que a investigação prossiga para as próximas fases de estudo.

Com a recusa, Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS, pediu ao governo chinês que forneça “dados brutos sobre os primeiros dias da pandemia” e que as autoridades sejam “transparentes e abertas”.

Blog Cidades do Maranhão

Deixe um comentário