Após distribuir 13,5 milhões de doses em 5 dias, Queiroga exalta vacinação no Brasil e decreta: “Essa narrativa de que a campanha está atrasada já se dissolveu”

Após distribuir 13,5 milhões de doses em 5 dias, Queiroga exalta vacinação no Brasil e decreta: “Essa narrativa de que a campanha está atrasada já se dissolveu”

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta terça-feira que bancários e funcionários dos Correios terão prioridade na vacinação contra a Covid-19.

De acordo com o ministro, a solicitação foi feita pelas categorias há três semanas e foi aceita nesta terça pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). Queiroga disse que uma nota técnica será publicada na sexta-feira detalhando quem terá direito à prioridade.

“Só nos últimos cinco dias, nós distribuímos 13,5 milhões de doses”, disse o ministro da Saúde, no pronunciamento à imprensa no Planalto.

Queiroga aproveitou a oportunidade para rebater críticas contra a campanha de vacinação no Brasil, classificadas por ele de “narrativa”, e disse que o cronograma é “muito organizado:

— Nós temos um cronograma de vacinação muito organizado. Essa narrativa de que a campanha está atrasada, isso já se dissolveu.

O artigo Após distribuir 13,5 milhões de doses em 5 dias, Queiroga exalta vacinação no Brasil e decreta: “Essa narrativa de que a campanha está atrasada já se dissolveu” foi publicado originalmente em Folha da República.

Blog Cidades do Maranhão

Blog Cidades do Maranhão

Deixe uma resposta